Principais Notícias

15 de Dezembro de 2017 às 08:01

Denúncias envolvem ministro e presidente dos Correios


Frente parlamentar recorre ao Ministério Público para investigar denúncia de corrupção nos Correios

  Diante das últimas denúncias na mídia envolvendo o ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, e o presidente dos Correios, Guilherme Campos, os deputados federais e coordenadores da Frente Parlamentar em Defesa dos Correios, Leonardo Monteiro e Maria do Rosário, enviaram o Ofício nº 57-2017 à Procuradora-Geral da República, ministra Raquel Dodge, solicitando a devida investigação e apuração de todos os fatos pelo do Ministério Público.

  De acordo com os parlamentares, o conteúdo da revista Carta Capital, divulgado no último fim de semana, denunciava esquema de sociedade com a empresa Nexxera, sem haver um processo de licitação, para serviços na estatal. No entanto, essa empresa não foi solicitada sequer pela área operacional ou de TI. Ainda, a Nexxera não se encaixa nos únicos requisitos para ausência de processo licitatório na estatal.

  A ECT novamente entra em contrariedade ao próprio discurso. Fala em crise aos trabalhadores, corta benefícios e pede a compreensão da categoria para que coloque a mão no bolso e pague pelo plano de saúde, enquanto somente essa “sociedade”, por exemplo, conforme a denúncia, custaria R$ 850 milhões, em um contrato de 12 meses.

  A FENTECT vai permanecer em trabalho com a frente parlamentar na defesa dos direitos dos trabalhadores e contra a privatização dos Correios. É preciso combater a corrupção na estatal, que é patrimônio público da sociedade brasileira. As representações dos trabalhadores não vão aceitar que o dinheiro dos Correios seja utilizado para beneficiar campanhas políticas ou qualquer tipo de apadrinhamento, enquanto os empregados da ECT perdem direitos e têm os empregos colocados em jogo, com as ameaças de entrega da empresa à iniciativa privada.  

 


Outras Notícias



Links Úteis


Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba novidades e informações sobre o SINTECT-MS.

Todos os direitos reservados a “sintectms” - Desenvolvido por Avalue Sistemas